sábado, outubro 18, 2008

esse é só o começo do fim da nossa vida
deixa chegar o sonho, prepara uma avenida
que a gente vai passar
veja você, onde é que tudo foi desabar
a gente corre pra se esconder...
e se amar, se amar até o fim
sem saber que o fim já vai chegar
deixa o moço bater que eu cansei da nossa fuga
já não vejo motivos pra um amor de tantas rugas
não ter o seu lugar
{conversa de botas batidas-los hermanos}
será? que o fim está próximo é um fato.
mas será q esses seis anos e alguns meses
serviram só de passagem ou estufa?
mutações aconteceram,
tanto no fenótipo quanto no genótipo.
mais do que uma ilha d'excelência
a luta continua!
e não me venha pedir coerência...
pois foram tantas que passei por aqui...
não dentro das estufas de mofo,
mas sim no A e B, onde apesar do nome não se pode correr,
talvez seja para que possamos aproveitar cada vez mais
a cada passo um rosto que não irei esquecer
e suas histórias...
histórias de soldados, de militantes, de comunistas
de reacionários, de pessoas, de arvores e cigarros
e como arvore me sinto podada
por modos de avaliações esquizofrênicos e malditos vestibulares
máquinas de fazer dinheiro para pê a gás e outros...
qual a solução?
passar para a próxima etapa
round 2, e continuar lutanto por educação e cultura
e que todos tenham acesso
utopia?
a utopia é realizavel, como diria zé pacheco

(:

A gente quer inteiro e não pela metade
[Comida- titãs]

3 comentários:

Ferreira, Lai disse...

"Comida, diversão, balé
Como a vida quer"

A ilha d'excelência é arte contemporânea, é dadaísmo, é arte acadêmica(às vezes até demais, eu diria). É Fordismo e Taylorismo. Laranja Mecânica e Titanic. Cem Anos de Solidão e o Diário de uma Princesa.

Enfim, a ilha d'Excelência é uma ilha de diversidade.
É uma ilha que com certeza deixará saudades, sempre deixa.
Mas a saudade não vai deixar esquecer.
O movimento nunca irá morrer.=]

(rimazinha mais tosca que eu fiz...=p)

tali. disse...

ficou meio babaca
mas é isso
FGV amanha, relaxa na pica

(Y)

Daniel disse...

Brainstorm.