domingo, novembro 30, 2008

Vazio talvez tanto quanto os outros e tantos outros.
Porém neste, a desistência tão inerente à noção de que as coisas parecem nunca ser suficientes. Nunca haverá a recompensa esperada, o custo será sempre mais alto do que o benefício e todas essas intimamente guardadas e negadas impressões dos mundos.

Domingos.. malditos domingos..
Parecem que existem só pra me lembrar o quanto nem sempre as coisas estão tão ruins quanto se pensa: estão (e ficarão) piores. Ao menos por parte do Tempo.

Diferente de na madrugada, agora eu destôo da chuva que não está lá fora.
Havia dito que não mais tentaria escrever coisas, mas foi tanta chuva, que alagou tudo e fiquei soterrada.
Isso é, como sempre, um pedido de socorro. Socorro em meio às chuvas inesperadas e fortes e tempestuosas. Típicas chuvas de verão. Que vêm e varrem o que encontram, tornando tudo lama e desordem.


- Vai chover.
- Que chova tudo. Ontem choveu e foi bom. O problema da chuva é que ela sempre parece ser inconveniente. Mas quando você se dispõe a chover junto com ela, fica tudo bem.
- Sim, mas muuita gente não se dispõe a isso.
- Eu. Nem sempre. Ontem eu já estava chovendo, a chuva só concordou.
- Você tava chovendo antes da chuva?
- Eu tava chovendo desde o dia quando o mundo começou a chover. E já sabia que ia chover de algum jeito, mesmo que o céu não chovesse comigo.


Laiane, se você falar de novo que isso foi poético, a aposta estará cancelada.

11 comentários:

Ferreira, Lai disse...

Oh, droga.
Você acabou com o meu comentário antes mesmo dele existir.
Você cometeu um aborto.
Se eu fosse fanática religiosa diria que você vai apodrecer no mármore do inferno.
Ainda bem que não sou.

E o tempo hoje ficou muito estranho; choveu, mas depois o sol voltou. Ahh...Mas o vento tava uma delícia, pelo menos aqui no fim do mundo.

E sempre soube que você continuaria escrevendo.

E não manjo isso de chover sem precisar da chuva. Acho que entendi errado.

Acho que não entendi.
õ.õ

Ferreira, Lai disse...

Não sei o que seria de nós sem os enfadonhos domingos.

chay disse...

Aqui chuviscou e ocorreram alguns trovões e o céu ficou encoberto. Mas lá fora eu nem sei. Não manjo isso de chover precisando da chuva.

Daniel disse...

Sabe do que mais? Embora a chuva que chove do lado de cá da janela seja bonita, eu geralmente presto mais atenção à lá de fora; aquela chove diferente pra cada um, e a beleza tá sempre na diferença.
É muito engraçado, enquanto eu vejo gente xingando, vejo gente rindo muito do lado, quando chove lá fora. As vezes nem a cor do céu é a mesma.

- Nossa, que céu cinza.
- Branquinho e bonito.
- Já, já, abre.

O que eu quero dizer é que a chuva de cá pode ser também cinza ou branquinha, mas chova o quanto quiser, você sempre chove sozinha.


PS: Odeio ficar por fora dos assuntos. Maldita hora que parei com o orkut.

Chay disse...

O que o Orkut tem a ver com isso? Maldita hora que paraste com o MSN.
;)

Daniel disse...

Oras, no orkut eu podia dar uma futucada nas conversas dos outros e pescar algo aqui e acolá, msn é só PVTzinho. Fala no canal, pô!
(saudades do Mirc)

E calma, é só entrarem as férias e eu estarei no msn like 24/7.

; )

Chay disse...

Mas MSN são os melhores PVTzinhos.
Há coisas que não se fala em público.
sabe o que também é muito bom? Conversar por depoimento.
:D

Ferreira, Lai disse...

Legal agora eu que viajei aqui.
Ainda não manjo a chuva interior.
E não sei o que é PVT.
>.<

Daniel disse...

Ha! A mesa virou, hã?

(vc nunca usou mirc, lai?)

E não me peça pra explicar as metáforas sinestésicas dos outros. (até porque não sei também se eu entendi certo.. hohoho)




Não, mas por depoimento eu sempre conversei. É muito de lei no orkut.

E sempre mandei uns testimonials muito ruins do tipo

NOA ACEITA!!!!!!!!

Cara,to muoito bebado msqeuria dizer qe te amo cara,vc ´e mtio foda cara te aom miuto, nao esquiec!!11

N~AO ACEITA HEMM<>>!!!!!!




(tiopês acidental?)

Daniel disse...

Vamos entrar no mirc qualquer dia?
Eu costumava entrar na BrasNet.

Ferreira, Lai disse...

Não faço idéia do que seja mirc.
=p